Exercitando o cérebro no verão

Nelson Dellis

.

Published on

22 August 2016

Share

Com uma infinidade de regimes e dietas disponíveis que tonificam e esculpem seu corpo para os meses de verão, muitas vezes nos esquecemos da saúde do cérebro. O cérebro também precisa se exercitar no verão. Como tetra Campeão de Memorização dos EUA e especialista em memória, estou aqui para ajudar. O primeiro e mais importante fato a ser compreendido: seu cérebro é algo que você pode exercitar e melhorar, não importa a idade ou estação do ano. Com um pouco de prática, aprendizado de alguns truques mentais, alimentação certa e exercícios físicos, você irá conseguir manter sua mente aguçada durante todo verão. Aqui vão cinco dicas para ajudar a exercitar seus músculos da memória:

Dica nº 1: Alimente seu cérebro

Somos o que comemos. Um dos elementos mais importantes que incluo na minha alimentação para manter meu cérebro saudável é ômega-3. A fonte mais comum de DHA é peixe, mas é difícil consumir peixe diariamente. Se você acha que não está consumindo peixe regularmente durante a semana, pode incorporar um suplemento à base de algas à sua alimentação. Além disso, você pode encontrar inúmeras bebidas, alimentos e suplementos fortificados com DHA em lojas especializadas.

Dica nº 2: Visualize imagens

O cérebro tem mais facilidade de se lembrar de imagens. Muitas vezes, as coisas que precisamos memorizar são difíceis e essencialmente abstratas para nossos cérebros. Se você parar um momento para visualizá-las como imagens em sua mente, relacionando-as com coisas conhecidas (crie associações significativas), você as tornará imediatamente mais fáceis de serem lembradas! Um ótimo exemplo: lembrar-se da sua lista de compras. Ao retratar sua lista como uma série de imagens significativas, você nunca a esquecerá. Diga o que tem que comprar: espinafre, berinjela, leite e bananas. Ao invés de memorizar cada palavra, memorize cada uma delas como uma figura formando uma história bizarra que as conecte (quanto mais esquisita, mais inesquecível). Imagine: o marinheiro Popeye (espinafre), está plantando uma berinjela, regando-a com leite no lugar de água, e o que brota? Bananas!  Bizarro, mas inesquecível.

Dica nº 3: Use um Palácio de Memória

Além de visualizar imagens, você pode colocá-las mentalmente pela sua casa (ou algum lugar que conheça bem) e buscá-las quando tentar recuperá-las. Então, quando tiver uma lista de itens para se lembrar, os visualize como imagens. Depois coloque cada um deles, uma a um, ao longo de uma trilha pela sua casa. É inesquecível! Esta técnica é ótima para crianças também. Recentemente publiquei o livro "I Forgot Something (But I Can’t Remember What It Was)" (Eu me esqueci de algo [mas não posso me lembrar o que era]) demonstrando a famílias como é fácil (e divertido) exercitar o cérebro.

Dica nº 4: Mantenha-se fisicamente ativo

O cérebro necessita de fluxo sanguíneo para trabalhar sem esforços. Estar sempre ativo mantém o sistema circulatório saudável e você alerta. Uma atividade simples que sempre incluo em meus exercícios diários são agachamentos. Sentar e levantar, um movimento que pode ser feito todos os dias. Qual a grande vantagem deles? Você pode praticá-los em qualquer lugar. Eles não sobrecarregam as articulações, já que trabalham apenas com o peso do seu corpo, e são um ótimo treinamento. Fique ereto, de pé, com os pés afastados na largura dos ombros, dobre os joelhos e agache-se, mantendo o peito levantado, até que suas coxas estejam paralelas ao chão (como se estivesse sentado em uma cadeira), então levante-se, retornando à posição inicial. Repita.

Dica nº 5: Sabotar o celular

Uma das razões mais comuns pelas quais achamos que nossa memória está fraca é a falta de atenção. Na próxima vez que alguém passar seu telefone ou nome, ou que você tiver que se lembrar de uma lista de afazeres, coloque o celular de lado e tente memorizá-los sem ajuda. Pode ser um pouco mais demorado e tedioso, mas faz maravilhas para o cérebro!

Aí está! Pratique essas cinco dicas o máximo de vezes que puder, de preferência todos os dias, e seu cérebro vai entrar em forma rapidamente!

 

Por Nelson Dellis, tetra Campeão de Memorização dos EUA e autor

Postagens recentes

  • As dietas vegetarianas são suficientes em Ômega 3?

    Vegetariano é o indivíduo que exclui da sua alimentação todos os tipos de carnes, aves, peixes e derivados, podendo ou não utilizar laticínios ou ovos. Diversos estudos associam esse tipo de dieta à melhores condições de saúde em geral e, por essa razão, o número de adeptos cresce aceleradamente em diversas partes do mundo. Leia mais

  • 3 verdades sobre a luz azul e a saúde dos olhos

    O que a luz azul, o sol e a sua alimentação, que inclui DHA, têm em comum? Os seus olhos. Isso mesmo! A luz azul, o sol e as gorduras saudáveis influenciam, todas eles, a saúde dos seus olhos. Conheça três verdades sobre a luz azul e a saúde dos olhos. Leia mais

  • Ogestan Gold

    Ogestan Gold é um suplemento alimentar em cápsulas composto por óleo de alga, vitaminas e minerais, em concentrações adequadas às necessidades do organismo, conforme a ingestão diária recomendada. Leia mais

  • DHA na gestação

    Os primeiros 1000 dias, período que compreende desde o período da gestação até os dois primeiros anos, é fundamental para a prevenção de doenças futuras. Leia mais

  • DHA na lactação

    Se uma alimentação saudável, equilibrada e composta por alimentos de todos os grupos, juntamente com a suplementação de nutrientes essenciais, como o DHA é essencial ao longo da gestação, como fica no período da lactação (período em que a mulher amamenta o bebê)? Leia mais

Este site utiliza cookies para armazenar informações no seu computador.

Learn more